Loading...

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Passeio até ao Alto Douro

Olá,
No domingo passado fomos dar uma volta até ao Alto Douro Vinhateiro, percorrendo S. João das Pesqueira até Vila Nova de Foz Côa - não, não fui ver as pinturas rupestres:)!- seguindo por Figueira Castelo Rodrigo - que vi ao longe as ruínas do castelo - mas o objetivo final era chegar a Barca de Alva e depois de muitas voltas lá chegamos! Meninas as curvas fizeram-me ficar mal disposta até determinada parte do caminho...bem à parte da estabilidade estomacal...é o seguinte a zona de Foz Côa até Barca de Alva caracteriza-se por uma paisagem montanhosa, xisto, muito seco, com a vegetação muito pequena e seca, imaginem que as giestas (para quem as conhecer) era tão fininhas e raquitas e sua cor em vez daquele verde forte eram quase brancas! As culturas agrícolas eram a vinha, oliveiras baixinhas entremeadas de amendoeiras. Essa foto já foi tirada quando saimos de Barca de Alva e já estavamos na margem direita do Douro a caminho de Torre de Moncorvo e aqui a paisagem mudou completamente já tinhamos mais vegetação, pinheiros, etc já não era aquela paisagem seca!

Salvo erro, os cruzeiros no Douro já chegam a Barca de Alva, ou seja, mais uns metros e começamos a falar castelhano :) e é um lugar pequenino.

Em Torre de Moncorvo o que se destacou logo quando estavamos a chegar era a igreja. Demos uma volta à igreja mas com pena minha foi apenas de carro porque já estava a ficar tarde e ainda tinhamos muito que andar....


Também demos uma volta em Almendra, que fica entre Foz Côa e Figueira Castelo Rodrigo e aí se destacou uma casa senhorial que tinha umas janelas lindas. Esta é uma vista lateral, mas a frente era igual com um corrente de 10 janelas iguais a estas e uma porta a meio é grande este casarão e em principio está fechada sem grande aproveitamento, fiquei com vontade de o trazer, mas limpar o pó ali era trabalho para uma semana inteira!... A aldeia é grande mas para não variar só tem idosos.
Gastou-se muito dinheiro em auto-estradas e em vez de melhorarem as estradas nacionais, tirando algumas curvas e até desviando algumas passagens apertadas por dentro de aldeias de modo a fluidizar o transito...
Nós fizemos este percurso da parte da tarde desde as duas e tal até as oito e qualquer coisa, de modo que fizemos algumas paragens curtas para aliviar o enjoo e não deu para fazer visitas aos monumentos.
No entanto nem de preposito, ontem no Portugal no Coração falaram de Figueira Castelo Rodrigo, do castelo e também de um convento que agora é turismo, por isso para uma volta menos apressada que a nossa será uma óptima sugestão no minimo de fim de semana!
Boa Viagem!


1 comentário: